5 pontos que você precisa considerar antes de comprar seu móvel planejado

December 12, 2017

Gaveta desregulada, porta torta, puxador caindo, borda descolando, eletrodomésticos que não cabem no seu ambiente, objetos que chegam quebrados ou dificuldades na montagem. Esses são alguns dos problemas de quem compra móveis planejados sem pensar na qualidade.

 

Foi o que aconteceu com a artesã Katya Simões, que com a intenção de economizar, acabou tendo que esperar um bom tempo pelo guarda-roupa do filho. O pedido foi feito pela internet e, quando o guarda-roupas chegou, estava com dois dos três espelhos quebrados. "Por obra divina eu não abri a caixa e esperei o montador. Porque se eu tivesse aberto, para conferir poderia ter perdido a 'garantia'", relembra Katya.

 

Depois de muito tempo esperando pela troca, finalmente chegou o guarda-roupas com todos os espelhos intactos. A artesã afirma que essa não foi a primeira vez que tem problemas. "Com móveis sob medida, também já tive problemas. Parafusos espanados, ferragens que enferrujaram em pouco tempo, espelhos oxidados. E o pior: não fui ressarcida pelo marceneiro", lamenta Katya.

 

É claro que uma boa pesquisa de preços é importante, mas tem muito mais detalhes que precisam ser levados em conta na hora da compra. Por isso, além das cores, modelos dos móveis e o projeto em si, alguns tópicos precisam ser levados em consideração para evitar frustrações no futuro. 
 
 
1. Um bom profissional

Pode parecer óbvio, mas não é. Tem muita gente que opta por uma solução caseira ou uma pessoa que trabalha no “fundo do quintal” e acaba tendo a maior dor de cabeça. Então, primeiramente, é preciso escolher o profissional especializado que vai te auxiliar, pois é ele que vai esclarecer suas dúvidas e orientar sobre diferenças de materiais e acabamentos.

 

Por isso, precisa ser alguém competente para poder te passar as informações necessárias, que vão garantir os detalhes do produto e uma maior vida útil dos seus armários.

 

Portanto, procure saber o que os clientes que já foram atendidos por esse profissional dizem sobre ele. Questione e observe se ele sabe a resposta na “ponta da língua”, pois um profissional precisa estar preparado para saber o que indicar aos seus clientes.
 
 
2. A qualidade dos produtos

Além de uma empresa especializada com profissionais qualificados, levantar informações sobre a qualidade do material é fundamental. Entre as perguntas que você deve fazer estão:
- Material respeita as normas técnicas?
- O produto tem garantia?

 

Segundo a responsável técnica pelos projetos da Living Ambientes, da rede de lojas Italínea em Curitiba, Liskelli Oliveira, a espessura da madeira, a indústria de origem, o tipo de corte e a colagem das fitas de borda são pontos importantes para evitar que o seu móvel desmonte em poucos meses.
 
“A Italínea trabalha com os melhores fornecedores de chapas e oferece a garantia de fábrica de 5 anos, com isso o cliente pode acionar sua garantia diretamente com a indústria, assim o cliente estará seguro”, destaca a responsável técnica.
 
 
3. Escolha dos painéis

Uma das dúvidas mais frequentes é qual o material dos painéis: se o ideal é o MDF (fibras de madeira) ou MDP (madeira em camadas). A resposta é: depende da sua utilização. Enquanto o MDP é melhor utilizado para portas, o MDF é melhor para fixação da caixaria, por exemplo. Com isso, projetos que utilizem os dois são, na maioria dos casos, o ideal.
 
“Além disso, existe no mercado diferentes qualidades de MDP e MDF, por isso escolher uma empresa que lhe ofereça garantia e procedência é a forma mais segura que o cliente pode ter no momento da compra”, recomenda a profissional.
 
 

4. Profundidade dos armários

Em relação à profundidade dos armários, é interessante primeiramente considerar os tamanhos dos eletros e eletrônicos ou objetos que serão guardados ali. Com isso, será possível escolher um tamanho e profundidade que vai garantir a funcionalidade do móvel, isso atenderá a necessidade do cliente. Novamente, a ajuda de um design de interiores é uma boa pedida. Esses profissionais atuam em empresas especializadas, como a Living Italínea.
 
 
5. Não faça você mesmo

Outra fonte de problemas é quando a pessoa opta por comprar móveis soltos e ela mesma montar os armários ou decorar o ambiente. A menos que seu talento para o design e arquitetura seja elevado, recorra a uma loja de móveis planejados, que vai preparar o projeto, cuidar da montagem e até dar dicas de decoração e iluminação. Vale a pena o investimento.
 

 

Preparamos um esquema resumindo os passos que você deve levar em conta antes de escolher os móveis planejados. Clique na imagem para baixar! ;)

 

 
 
Sobre a Living Ambientes

 

A Living é empresa especializada em móveis planejados da marca Italínea. Seus clientes contam com equipes de designers que desenvolvem projetos modernos com garantia e durabilidade, sempre levando em consideração as normas técnicas.

 

Há sempre profissionais capacitados para te ajudar a seguir todos esses passos e garantir que sua satisfação seja completa, contando com equipe própria para a realização do seu projeto em todas as etapas.

 

Você também pode ver o que alguns de nossos clientes falam sobre nós. Clique aqui e confira!


Peça um orçamento agora mesmo! ;)
 


Fotos: Blog Viver e Decorar Italínea

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

5 pontos que você precisa considerar antes de comprar seu móvel planejado

December 12, 2017

1/1
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags